Nosso amor era tão real que ninguém acreditava

Nosso amor era tão livre que tinha laços tão firmes

Nosso amor era tão familiar que ninguém o conhecia

Nosso amor era tão simples que ninguém compreendia

Nosso amor era tão liberal que o vestiam de julgamentos

Nosso amor era tão humano que ninguém levava à sério

Nosso amor era tão verdadeiro que ninguém dava valor

Nosso amor era tão cristalino que ninguém se enxergava