Eu escrevo para salvar a alma
Escrevo para exercitar o sentir
Escrevo para quebrar as verdades
E ver novos sentidos surgirem
Escrevo para nascer novamente
Escrevo para mudar o mundo
Para abrir os olhos
Para documentar
As belezas esquecidas
Para desvendar os segredos
Guardados em baús de medos
Escrevo para resgatar
Para voltar a ser humana
Escrevo para salvar a vida