Arranhão

Foi só um olhar de canto

Meias palavras, uma noite nublada

Barulhos sem som

Cheguei de mansinho

Vou saindo de fininho

Enquanto você dorme

Antes que o dia rompa a ilusão

 

Foi um enlace, um pulso,

Um carinho, um sorriso fácil

Pra mostrar que a vida ainda tem um pouco de mel

Se cure um pouquinho

E depois me deixe sozinha

Não queira jogar redes

Pode nadar livremente ao meu lado

Mesmo quando não estou

 

Não leve mais do que cabe dentro de você

Não deixe mais do que possíveis lembranças

 

Pegue um beijo, um abraço

Uma tarde, um café,

Um vinho, um perfume no ar

Uma caixa de surpresas

 

Foi só um olhar de canto

Meias palavras, uma noite nublada

Barulho sem som

Cheguei de mansinho

Vou saindo de fininho

Enquanto você dorme

Antes que o dia rompa a emoção

 

Vai doer só um pouquinho

Foi só um arranhão que um suspiro alivia

 

Não esqueça a cueca na minha cama

Não verbalize suas vontades

Não beba assim

Não quebre o feitiço

 

Prometo que vou sair de fininho

Enquanto você dorme

Antes que o dia rompa a ilusão

Vai doer só um pouquinho

Foi só um arranhão que um suspiro alivia