Uma Falta de Dor Nesse Mundo

Um dia foi me dado de presente por um dia:

Um gato ronronando dengo

Uma manhã assistindo Dr. Jivago

Um café quente com leite espumado

Um ovo cozido com sal

Uma poesia de Manoel de Barros

Um cochilo longo depois do almoço

Um inverno e um cobertor

Uma tarde de páginas lidas de O Tempo e o Vento

Uma nudez solitária, de corpo e de alma

Uma foto da infância

Um mundo mais vazio

Uma cabana na neve abafando todos os silêncios de fora

Uma cortina aberta para os raios de sol

Imaginação que arranca sorrisos dos olhos:

De um livro que li, de um filme que vi, de um bicho que brinquei,

De um sentimento bonito que cultivei

Um papel e lápis coloridos

Um passarinho de visita

Um abraço na presença da saudade

Uma falta de dor nesse mundo.